Segunda-feira, 7 de Dezembro de 2009

Amostra sem valor

 
 
Eu sei que o meu desespero não interessa a ninguém.
Cada um tem o seu, pessoal e intransmissível:
com ele se entretém
e se julga intangível.

Eu sei que a Humanidade é mais gente do que eu,
sei que o Mundo é maior do que o bairro onde habito,
que o respirar de um só, mesmo que seja o meu,
não pesa num total que tende para infinito.

Eu sei que as dimensões impiedosos da Vida
ignoram todo o homem, dissolvem-no, e, contudo,
nesta insignificância, gratuita e desvalida,
Universo sou eu, com nebulosas e tudo.
 

(António Gedeão)

publicado por Laburrita às 23:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

Os ombros suportam o ...

Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus. Tempo de absoluta depuração. Tempo em que não se diz mais: meu am...

Ler artigo
sinto-me:
publicado por Laburrita às 00:11
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Amostra sem valor

. Os ombros suportam o mund...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.tags

. todas as tags

.favorito

. COMO MANTER-SE JOVEM

. A Luta pela Recordação

. O destino de cada um

. D I L E M A

. Vocês verão lá mais para ...

. Riquezas não pagam dúvida...

. É pró menino e prá menina...

. A CIGANA VAI DE FÉRIAS

. BOM DIA ALEGRIA

. O Presente!

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds