Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

Qeimada viva...

Souad tinha dezassete anos e estava apaixonada. Na sua aldeia da Cisjordânia, como em muitas outras, o amor antes do casamento era sinónimo de morte. Tendo ficado grávida, um cunhado é encarregado de executar a sentença: rega-la com gasolina e chegar-lhe fogo. Terrivelmente queimada, Souad sobrevive por milagre. No hospital para onde a levaram e onde se recusam a tratá-la a própria mãe tenta assassiná-la.

Hoje, muitos anos depois, Souad decide falar em nome das mulheres que por motivos idênticos aos seus, ainda arriscam a vida. Para o fazer, para contar ao mundo a barbaridade desta prática, ela corre diariamente sérios perigos, uma vez que o "atentado" à  honra da sua família é um "crime" que ainda não prescreveu.

 

Um testemunho comovente e aterrador, mas também um apelo contra o silêncio que cobre o sofrimento de milhares de mulheres.

 

Este é o livro que está na minha mesa de cabeceira. Recomendo vivamente que o leiam.

 

                 

publicado por Laburrita às 16:53
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. 80 anos depois

. Um dia você percebe

. Pedras no caminho

. Grande cara de pau

. Saudade do tempo que pass...

. Renovar um desejo

. Queridos mudei a casa

. Grito de liberdade

. Poesia em centímetros de ...

. O sapo fez a revolução! l...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.tags

. todas as tags

.favorito

. COMO MANTER-SE JOVEM

. A Luta pela Recordação

. O destino de cada um

. D I L E M A

. Vocês verão lá mais para ...

. Riquezas não pagam dúvida...

. É pró menino e prá menina...

. A CIGANA VAI DE FÉRIAS

. BOM DIA ALEGRIA

. O Presente!

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds