Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Autobiografia

A história de laburrita

hoje aqui lhes vou contar

não é triste nem desdita

nem tão pouco de encantar

 

Em jeito de poesia, será azia...

sem esses dotes merecer

dai seu nome Maria

veio ao mundo sem querer

 

Laburrita apareceu em tempos conturbados

já não era esperada, longe de sintonia

num pueblo no mapa não encontrado

antes da avizinhada democracia

 

Viveu dificuldades, nessa época de fascismo

cresceu, não teve direito a estudar

desconfiada de algum laxismo

seu destino, teve de encontrar

 

O casamento como única saída

sonhos fingidos, traídos

depois de infância perdida

momentos amados,  outros sofridos

 

 

 

publicado por Laburrita às 22:30
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. 80 anos depois

. Um dia você percebe

. Pedras no caminho

. Grande cara de pau

. Saudade do tempo que pass...

. Renovar um desejo

. Queridos mudei a casa

. Grito de liberdade

. Poesia em centímetros de ...

. O sapo fez a revolução! l...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.tags

. todas as tags

.favorito

. COMO MANTER-SE JOVEM

. A Luta pela Recordação

. O destino de cada um

. D I L E M A

. Vocês verão lá mais para ...

. Riquezas não pagam dúvida...

. É pró menino e prá menina...

. A CIGANA VAI DE FÉRIAS

. BOM DIA ALEGRIA

. O Presente!

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds