Terça-feira, 30 de Junho de 2009

As Sonâmbulas

Na cidade onde nasci viviam uma mulher e a sua filha que, sonâmbulas, caminhavam enquanto dormiam.

Uma noite, enquanto o silêncio envolvia o mundo, no seu sonanbulismo,  mãe e filha encontraram-se no jardim da casa, encoberto pela neblina.

Dirigindo a palavra à filha, a mãe disse:« Por fim, por fim, minha inimiga! Tu que destruíste a minha juventude, que construíste a tua vida em cima das ruínas da minha! Se pudesse, matar-te-ia!»

E a filha respondeu:« Oh, mulher odiosa, egoísta e velha! Tu, que te intrometes entre eu e a minha liberdade! Tu, que pretendes fazer da minha vida um eco do desperdício que é a tua própria vida! Quem me dera que morresses!»

Nesse momento, um galo cantou e as duas mulheres despertaram. Delicadamente, a mãe disse: « És tu, minha jóia?»; carinhosamente, a filha respondeu:« Sim minha querida mãe.» 

 (Autor desconhecido)

publicado por Laburrita às 18:10
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

Mas que raiva!

Mais uma semana começou, e devo dizer que a segunda - feira é sempre um dia muito complicado. Depois de um domingo de trampa, eis que o despertador começa aos berros pelas cinco e meia da manhã, óh não! parece que mal tinha acabado de adormecer e já a realidade me esperava. Chego ao trabalho antes das seis, e logo começa a rotina de todos os dias, arrumar os bolos, o pão e afins nos expositores, preparar a máquina do café, o termo do leite, e começar a cozer pão. Começam a chegar os primeiros clientes, que  talvez por ser segunda - feira não irradiam muita simpatia, claro que não é a  regra, mas a segunda - feira não é de todo o melhor dia para começar a semana!... Depois o dia vai caminhando sem complicações de maior, a não ser ter que aturar aquelas clientes que vão comprar um pão, mas mais parece que vão a uma ourivesaria escolher o seu anel de noivado; este é muito alto, aquele é muito cozido o outro é muito pequeno, quero antes aquele porque está rachadinho! claro que o cliente tem sempre razão!...embora eu nem sempre esteja de acordo com esta máxima. Bem, mas a pérola do meu dia, foi quando chegou a vendedora, de uma conceituada marca de gelados. A dita menina a julgar pela sua entrada, também sofre do síndrome das segundas - feiras, pois só faltou agredir-me, pelo facto de não lhes comprar gelados, e ameaçando-me de retirar a respectiva arca. Só posso concluir que este tipo de comportamentos se deve á crise que estamos a viver, mais concretamente uma crise de valores morais e de respeito pelo próximo. Dá cá uma raiva... 

publicado por Laburrita às 22:41
link do post | comentar | favorito
|

Poemas ao Acaso

Não mais vem, como desejo,

Um mundo novo, perfeito;

Só fechando os olhos, vejo

Tal desejo satisfeito...

 

Ele há gente tão mesquinha,

De tão baixa condição...

Censuram a vida minha

Por não ser como eles são! 

 

Que esperança será aquela

Que sinto desde criança,

Que ainda dou restos dela

Aos que já não têm esperança?!

 

Digo sempre que estou bem

_Quanto mais sofro mais canto_

P'ra quê chorar?...se ninguém

Me quer enxugar o pranto!

publicado por Laburrita às 16:36
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 28 de Junho de 2009

Mais do mesmo

Não seria de esperar outra coisa. O meu dia de domingo, foi apenas mais um quase igual a tantos outros, que tenho vivido nos últimos tempos.

Vi a luz do dia apenas pela janela, quanto a sol o S. Pedro não teve pelos ajustes, e mandou umas pingas para ver se a poeira assenta. Mas que raio de véspera de mais uma semana de trabalho! Não me apeteceu fazer nada de útil, nem sequer ver um pouco de televisão, coisa que nos últimos tempos, não é para mim motivo de interesse,(Estarei mesmo a ficar burra?)o motivo: talvêz os programas? ou temos telenovelas em doses industriais, ou vemos cinema, aí então nada de novo pois são sempre repetições. Depois há sempre a chançe de ver as notícias, mas a coisa não muda de figura é apenas um rol de desgraças, então nos últimos dias nem é bom lembrar. Está na ordem do dia a morte do rei da pop.

E o mundo parece ter esquecido que os reis também morrem. Enfim haja paciência...

 

sinto-me: farta do mesmo
publicado por Laburrita às 21:30
link do post | comentar | favorito
|

A Raposa

Ao nascer do Sol, a raposa olhou para a sua própria sombra:«Hoje vou comer um camelo ao almoço.»Procurou camelos toda a manhã. Não encontrando nenhum, ao meio-dia, olhou nova mente para a sua sombra:«Contentava-me com um rato.»

 

                                                          (Kahlil Gibran)

publicado por Laburrita às 18:07
link do post | comentar | favorito
|

Sábado merdavilhoso

 

.

Passou mais um daqueles sábados que me põem os cabelos em pé, e os nervos em franja.

Mas como já estamos em mais um domingo, que a julgar pelos anteriores também não se adivinha  nada promissor, mas como a esperança é a última a morrer, e por sinal a única que eu conheci já morreu há muitos e bons anos. Vamos aguardar para ver no que dá.

Ir á praia está fora de questão, pois o S. Pedro não parece que goste muito de quem trabalha, e ainda por cima seis dias na semana. Estou neste momento a ver e ouvir a Susan Boyle, e dei comigo  a pensar como seria o meu domingo se tivesse metade do talento que ela tem, porque quanto ao resto fui mais bafejada pela sorte...Bem laburrita, deixa-te mas é de tretas e vai dormir, que a noite já não é nenhuma criança, e tu também não!...

publicado por Laburrita às 02:24
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Bem vindo ao Blog de Laburrita...

«O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos  inesquecíveis, coisas inesplicáveis  pessoas incomparáveis.»

 (Fernando Pessoa)

 

 

publicado por Laburrita às 16:34
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. 80 anos depois

. Um dia você percebe

. Pedras no caminho

. Grande cara de pau

. Saudade do tempo que pass...

. Renovar um desejo

. Queridos mudei a casa

. Grito de liberdade

. Poesia em centímetros de ...

. O sapo fez a revolução! l...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Julho 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.tags

. todas as tags

.favorito

. COMO MANTER-SE JOVEM

. A Luta pela Recordação

. O destino de cada um

. D I L E M A

. Vocês verão lá mais para ...

. Riquezas não pagam dúvida...

. É pró menino e prá menina...

. A CIGANA VAI DE FÉRIAS

. BOM DIA ALEGRIA

. O Presente!

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds